Marcha Mundial do Clima 2018

Parar o petróleo! Pelo clima, justiça e emprego!

 

No dia 8 de setembro, vamos juntar-nos à mobilização internacional “Rise for Climate” para exigir um mundo livre dos combustíveis fósseis, em que as pessoas e a justiça social estejam acima dos lucros.

A verdadeira liderança climática nasce a partir das bases. Isto significa ver o poder nas mãos das pessoas, em vez das corporações; significa uma vida melhor para quem trabalha e justiça para as populações mais afetadas pelos impactos das alterações climáticas e pelas atividades das petrolíferas.

Vamos marchar para exigir:
– uma transição justa e rápida para as energias renováveis;
– zero infraestruturas de combustíveis fósseis novas: nem em Aljezur, nem em Aljubarrota, nem em lugar nenhum.

Subscritores:

Academia Cidadã, Alentejo Litoral pelo Ambiente, CIDAC – Centro Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral, Climáximo, Empregos para o Clima, GAIA – Grupo de Ação e Intervenção Ambiental, JOC – Juventude Operária Católica, Linha Vermelha, Núcleo Académico para a Protecção Ambiental do ISCSP, Núcleo do Ambiente da FLUL, Peniche Livre de Petróleo, Precários Inflexíveis, SPGL – Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, SPN – Sindicato de Professores do Norte, Tamera.

Mais informações: www.salvaroclima.pt
Mobilização internacional: www.riseforclimate.org