Circular Economy Portugal convoca para a Marcha Mundial do Clima 2018!

Por uma sociedade sem desperdício, dizemos não ao petróleo e à economia linear

Os nossos atuais modos de vida são insustentáveis. O modelo económico linear repousa na sobre-exploração de recursos naturais e hiperconsumismo, resultando na produção excessiva de resíduos, poluição à escala global e destruição da natureza. No processo de gerar riqueza comprometemos a base ecológica da qual as nossas sociedades dependem.

Para além de assim hipotecarmos a nossa própria sobrevivência, vamos perdendo progressivamente o valor imaterial contido no património natural: a beleza e a singularidade das espécies e dos ecossistemas.

Na questão dos recursos – da sua exploração, escassez e distribuição – está fortemente imbricado o problema da desigualdade entre indivíduos, sociedades e regiões do globo. As externalidades negativas das atividades económicas afetam sobretudo as pessoas e regiões mais frágeis, e boa parte do lucro concentra-se nas mãos de uma elite.

Um futuro próspero e mais justo para todos passa pelo abandono progressivo dos combustíveis fósseis e pela transição para uma economia circular. Para reclamar estas mudanças, juntamo-nos à Marcha Mundial do Clima, dia 8 de Setembro. Que sejamos muitos e alegres a marchar!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *